Oasis - Escute Agora

To Be Where There's Life

Falling Down

(Get off Your) high horse lady

The nature of reality

The Turning

 

Oasis em São Paulo

Com pontualidade britânica, o Oasis entrou no palco às 22h, após a vinheta "Fuckin' in The Bushes" e começou, sem delongas, com "Rock and Roll Star", aclamada pelo público.

O entusiasmo se manteve durante o primeiro bloco de quatro canções, mas aumentou em "Cigarettes & Alcohol", do primeiro álbum "Definitely Maybe", de 1994. Durante o resto da apresentação a energia do contido público parecia ser proporcional à idade das canções.

Assim, os pontos altos foram, previsivelmente, faixas dos dois primeiros álbuns, como "Morning Glory", "Don't Look Back in Anger", "Champagne Supernova", "Supersonic" e, como não poderia deixar de ser "Wonderwall". Durante a balada, um dos hinos do rock dos anos 90, a emoção foi tanta que era possível ver fãs chorando na pista do Anhembi.


O guitarrista do Oasis,Noel Gallagher, durante show da banda em São Paulo (09/05/2009)
Clique na imagem para amplia-la

Se engana, no entanto, quem pensa que as seis músicas do último disco "Dig Out Your Soul" (2008) atrapalharam o andamento do show. Pelo contrário. Os climas densos e momentos psicodélicos das novas canções deram um bom contraponto aos hits, deixando a apresentação mais interessante do ponto de vista musical.

Vale destacar a excelente qualidade de som, que contribuiu particularmente para a apreciação dos arranjos mais complexos do novo álbum. Mais do que nunca, o tecladista de apoio Jay Darlington demonstrou ser um anexo fundamental ao quinteto.


O tecladista Jay Darlington, Oasis, durante show da banda em São Paulo (09/05/2009)
Clique na imagem para amplia-la

Já o novo baterista, Chris Sharrock, o mais recente recruta na escalação do Oasis, foi merecidamente aclamado pelo público quando Noel Gallagher o apresentou. O desempenho irrepreensível mostra que, apesar das críticas dos fãs mais saudosistas, a formação atual da banda não perde em nada para as anteriores.

Durante o show de 1h40, os irmãos Gallagher falaram pouco, como de costume. Exceto por alguns curtos comentários sobre a chuva, os jogadores brasileiros do clube de futebol Manchester City e o mal comportamento de alguns dos fãs mais próximos ao palco, Liam e Noel deram justa ênfase ao rock, até encerrarem às 23h40 com "I Am The Walrus", cover dos Beatles.

 

Oasis faz show memorável no Rio

Alguns pode dizer que começou pesado, mas o certo é que remetia as grandes apresentações de rock do final dos anos 60, o show que abriu a turnê brasileira da banda Oasis no Rio de Janeiro. Show que faz parte da turnê de divulgação do álbum "Dig Out Your Soul" (2008), último disco da banda.

Por Mario Abbade - 08/05/2009

Foram 1h40m de apresentação em um Citibank Hall lotado, para uma platéia que recebeu com muito entusiasmo a banda oriunda de Manchester, que muitos dizem ter uma forte influência dos Beatles. Todos os ingressos de pista foram vendidos, mas quem não conseguiu comprar, pode acompanhar o show pelo canal fechado Multishow que transmitiu o evento.


Oasis - Rio de Janeiro - 07/05/2009
Clique na imagem para amplia-la

Marcado para as 21h30, o Oasis iniciou com meia hora de atraso com "Fuckin In The Bushes", música instrumental do disco "Standing on the Shoulder of Giants". O vocalista Liam Gallagher trajava uma espécie de sobretudo preto que permaneceu abotoado até o pescoço do inicio ao fim do espetáculo, que o fez suar muito. Mas isso não pareceu incomodá-lo. Noel, seu irmão, também estava de preto, mas com uma camisa pólo de manga curta. O resto da banda (Andy Bell no baixo, Gem Archer na guitarra, Chris Sharrock na bateria e o tecladista convidado Jay Darlington) se vestia de forma comum.

O palco não trazia nenhum tipo de decoração. Era composto por um simples pano preto ao fundo. Também não tinha telões. O destaque ficou a cargo de uma iluminação estratégica, que possuía vários spots superiores frontais que iluminavam a banda permanentemente de vermelho. Do fundo, outros potentes spots iluminavam com diferentes cores todo o palco. Esse choque do vermelho frontal com as luzes que viam de trás proporcionou uma espécie de aura psicodélica a apresentação, que chamou bastante a atenção pelo lindo contraste.


Oasis - Rio de Janeiro - 07/05/2009
Clique na imagem para amplia-la

A segunda música foi "Rock Roll Star", que levantou o público com a guitarra de Liam. Depois veio "Lyla". Ao final, Liam disse: "É bom estar de volta ao Rio" e os acordes de "Shock of the Lightning", do álbum "Dig Out Your Soul", se iniciaram. Depois veio "Cigarettes and Alcohol" que provocou uma ótima reação na platéia. Em "Meaning of Soul", a potente luz que vinha de fundo era vermelha, da mesma forma que nas frontais, dando a impressão que todo o Citibank Hall era pintado de vermelho.

Nos acordes finais de "To be Where Theres Life", Liam abandonou o palco. O motivo foi a próxima canção, "Waiting for the Rapture", que é cantada por Noel. Ambas são do disco "Dig Out Your Soul". Ao término, agradeceu em um português carregado: "Obrigado Rio de Janeiro", completou em inglês "Tem muito tempo que não tocamos nessa casa" e brincou sobre a constante mudança de bateristas "Já tivemos quatro bateristas diferentes desde então". Depois veio "The Masterplan" com Noel trocando sua guitarra por um violão. A música foi cantada em uníssono pelo público.


Noel Gallagher - Rio de Janeiro - 07/05/2009
Clique na imagem para amplia-la

Ao berros de "Noel!" pela platéia, Liam retornou para cantar "Songbird". Durante a execução, ele pediu para o público acompanhar com palmas e foi prontamente atendido. Em "Slide Away", Noel voltou a tocar guitarra. No final da canção, foi a vez de Liam ter seu nome gritado pelos espectadores. Depois vieram "Morning Glory" e "Ain Got Nothing" (também do disco "Dig Out Your Soul") .

Em "Importance of Being Idle", Liam deixou o palco mais uma vez para Noel assumir os microfones. Liam retorna para cantar mais uma música do "Dig Out Your Soul": "Im Outta Time". Depois vieram os sucessos radiofônicos "Wonderwall" (no final dessa, Liam deu seu pandeiro para uma fã na platéia) e "Supersonic" para encerrar a apresentação. Ambas foram cantadas aos gritos pelo público.


Liam Gallagher - Rio de Janeiro - 07/05/2009
Clique na imagem para amplia-la

Depois de uma parada de poucos minutos, Noel retorna para o bis com seu violão para tocar uma versão acústica do hit "Don Look Back in Anger" acompanhado por Andy na guitarra e Chris com um pandeiro. Logo após emenda "Fallin Down", a sexta música executada do disco "Dig Out Your Soul". Liam retorna para cantar mais um sucesso: "Champagne Supernova". E fecha a apresentação com o "I am the Walrus", cover do Beatles. Quase no final da execução da canção, um fã atirou uma bandeira do Brasil em sua direção. Liam a pegou, cobriu a cabeça com a mesma e permaneceu estático (faz isso várias vezes) bem na frente do palco até quase os últimos acordes. Apesar dos insistentes pedidos em vários momentos da apresentação para tocarem "Live Forever", a banda não atendeu.

A turnê brasileira do Oasis continua com show em São Paulo, no sábado, Curitiba, no domingo e Porto Alegre, na terça.

Setlist:
- Fuckin In The Bushes
- Rock Roll Star
- Lyla
- The Shock Of The Lightning
- Cigarettes & Alcohol
- The Meaning Of Soul
- To Be Where Theres Life
- Waiting For The Rapture
- The Masterplan
- Songbird
- Slide Away
- Morning Glory
- Ain Got Nothin
- The Importance Of Being Idle
- Im Outta Time
- Wonderwall
- Supersonic

Bis:
- Don Look Back In Anger
- Falling Down
- Champagne Supernova
- I Am The Walrus

 

Oasis no Brasil

Fã de rock é fã de rock em qualquer lugar do mundo, não adianta. Prova é o tamanho da fila para ver o Oasis em Caracas, Venezuela. Como em um show de uma grande banda no Brasil, todo mundo madrugou para pegar um bom lugar.



Oasis - Melbourne 2009

 

Os admiradores da Venezuela são fanáticos. Quem garante é um fã que diz ser o número um da banda, cujo nome ganha outro sotaque na Venezuela. Amanda, que trabalha em rádio, diz que já ouviu as duas versões.

Mas quem está ligando para a diferença, quando eles entram no palco? Qual o segredo de estar na estrada, com sucesso, há 15 anos?

“Essas coisas estão fora do nosso controle”, diz Noel Gallagher, um dos líderes da banda. “Se você faz um disco e as pessoas gostam, você vai e faz um show”.


Oasis - Melbourne 2009
Clique na imagem para amplia-la

 

O Oasis mudou muito de lá para cá?

“Quem está de fora vê diferenças entre os discos que lançamos, mas para nós essas mudanças são graduais”, explica Noel.

Mas o som do Oasis está mesmo diferente - talvez porque este último álbum foi gravado no famoso estúdio de Abbey Road, imortalizado pelos Beatles. A banda voltou a fazer barulho, não que Noel esteja ligando pra isso.

“Uma vez que você vendeu 50 milhões de discos, o que mais você precisa provar?”, pergunta ele, numa clara provocação. “Eu não preciso mais de dinheiro, não preciso de mais fãs, não preciso ser mais feliz do que eu já sou. Vou em frente, porque gosto de tocar e de compor”, ele afirma.

Noel parece que está mais maduro, menos rebelde. E não é à toa.

“Eu tenho 41 anos. Aos 31, eu tomava todas as drogas e era muito bom! Mas hoje estou mais feliz porque eu sei o que vou estar fazendo amanhã”, diz Noel.

 


Liam Gallagher - The Heineken Music Hall in Amsterdam.
Clique na imagem para amplia-la

 

Seu irmão, Liam, concorda:

“Nós estamos ficando velhos e outras bandas com gente mais nova estão chegando. As coisas são assim. Mas o rock não tem idade, cara”, diz Liam.

Notoriamente recluso, ele tenta apagar a imagem de difícil. “Alguém inventou isso. Eu adoro falar do Oasis, sou o maior fã da banda. Essa história de não gostar de dar entrevista é uma mentira estúpida!”, argumenta Liam.

Para provar que pode ser tão espontâneo como no palco, Liam fala até de um assunto delicado, os constantes rumores de que a banda vai acabar.

“As pessoas sempre falam que o Oasis vai se separar. Faz parte do negócio, as pessoas ficam pondo lenha na fogueira”, diz. “Mas eu gosto do que eu faço e não tenho muita alternativa: não quero fazer carreira solo, não quero outra coisa. Eu adoro o Oasis. Por isso, gostaria de ir em frente para sempre”.

Os fãs brasileiros, que vão poder conferir o novo show do Oasis no Rio, em São Paulo, em Curitiba e em Porto Alegre, a partir desta semana, vão poder ver de perto que Liam não está brincando.

“É por isso que eu entendo o que os Rolling Stones fazem isso até hoje: porque você envelhece, mas a música não.”, ele conclui.

 

Clique aqui e saiba mais sobre o último album do Oasis - "Dig Out Your Soul"

 


Noel Gallagher of Oasis in Los Angeles
Clique na imagem para amplia-la

 

RIO DE JANEIRO (clique aqui para comprar) - Citibank Hall, (5ª feira, 07/05 - 21h30)
Ponto De Venda Oficial: Citibank Hall
Pista - R$180 (esgotado)
Área VIP - R$400
Camarote - R$400
Poltrona - R$300
Suítes - R$480

SÃO PAULO (clique aqui para comprar)- Arena Anhembi, (Sábado, 09/05 - 22h)
Ponto De Venda Oficial: Credicard Hall
Pista - R$180
Área VIP - R$400

CURITIBA (clique aqui para comprar)- Arena Expotrade Pinhais, (Domingo, 10/05 - 19h30)
Ponto De Venda Oficial: Shopping Novo Batel
Pista - R$160
Área VIP - R$400

PORTO ALEGRE (clique aqui para comprar) - Gigantinho, (3ª feira, 12/05 - 20h)
Ponto De Venda Oficial: Shopping Bourbon Country
Pista - R$140
Arquibancada - R$140
Cadeira - R$180 (esgotado)

Telefone: 0300-789 6868
Telefone: (11)2846-6000 (SP)
Site: Ticketmaster Brasil

 

Censura: 12 anos. Menores com 12 e 13 anos de idade entram somente acompanhados pelos pais ou responsável.

O canal Multishow transmitirá o show do Rio de Janeiro.

Fontes: Zeca Camargo (Fantastico - Rede Globo) Gigwise 2001-2009; Por Mario Abbade

Fotos Gabriela Magnani - Almanaque Virtual



Links

Agenda

Em cartaz Cinema

Em cartaz Teatro

Matérias: Live Earth | Disco Classics | Earth, Wind & Fire | Os Fofos Encenam | Laços do Olhar | Rock in Rio | Kool ang Gang | Lenda do Jazz no Brasil | Elizabeth Jobim - Endless Lines | Diana Krall no Brasil | Shows Novembro | Chaka Khan e Branford Marsalis | Gagaku, Bugaku e Shomyo | Cantata no Jockey | Shows 2009 | Madonna no Brasil | Maysa | Elton John | Grammy 2009 | Brit Awards | Simply Red no Brasil | Paul e Michael com ingressos esgotados | Radiohead | Prêmio internacional de fotografia: Sony World Photography | Hot List | A procura de um olhar | Burt Bacharach | Shows Abril 2009 | Virada Cultural 2009 | Oasis no Brasil | Terminator Salvation | FAM 2009 | Iggy Pop lança Preliminaries | Grande Álbuns - Michael Jackson | Festival de Inverno de Campos do Jordão 2009 | Shows 2º Semestre 2009 | Grandes Álbuns II | Dinossauros da música eletrônica ressurgem em 2009 | Festival de Cinema Veneza 2009 | Álbuns Clássicos do Jazz | Flashback Mr Groove | Festival Planeta Terra | Donna Summer | Grammy 2010 | Programação Verão 2010 | Brit Awards 2010 | Oscar 2010 | Valleys of Neptune | Albuns - Lançamentos 2009 / 2010 | Nelly Furtado no Brasil | Documentário Loki | Matérias Novas

Destaques: A volta do Queen | Babyshambles | Cantoras Brasileiras | Cena Eletronica | Clocks | Corinne Bailey | Dig Out Your Soul | Escola do Pop Rock | Horace Silver | Im Takt der Zeit | Keane | Jamie Cullum | John Legend | Julliete & The Licks | Kantata Takwa | Led Zeppelin | Madeleine Peyroux | Michael Jackson - Thriller 25 | Little Boots | Miriam Makeba | Mostra de Arte / Casais | Musicians and Machines | Nara e Fernanda | Nonsense | Oscar Peterson | Paul McCartney | Piaf - Um hino ao amor | Prokofiev | Regentes | Rotciv | Stay | Studio 54 | Yo-Yo Ma | The Heist Series | The Verve - Forth | Vanessa da Mata | Demis Roussos & Aphrodite's Child | Tommy avec The Who | Villa Lobos, Brisa Vesperal

Voltar para página inicial