Estrelas consagradas, artistas de segundo escalão, grupos em ascensão e bandas folclóricas de caráter apenas regional agitaram a consciência das pessoas sobre os riscos do aquecimento global com a maratona musical de shows "Live Earth", que começou na Austrália e terminou nem Nova York, com apresentações em 9 grandes metrópoles: Londres, na Grã-Bretanha; Johannesburgo, na África do Sul; Hamburgo, na Alemanha; Sydney, na Austrália; Tóquio, no Japão; e Xangai, na China; Rio de Janeiro, no Brasil, além de Nova York e Washington, nos Estados Unidos.

Na cidade australiana de Sydney as danças tradicionais dos aborígenes deram a largada de um espetáculo que começou às 10h (horário local), com seus instrumentos de sopro ancestral fabricados com um tronco gigante de eucalipto e com a mensagem de boas-vindas ao público do ex-vice-presidente norte-americano Al Gore, exibida em uma tela gigante.

O espetáculo teve como destaque além de Toni Collette and the Finish, o excelente show de Sneaky Sound System.


Connie Mitchell of Sneaky Sound System performs on stage at the Australian leg of the Live Earth series of concerts, at Aussie Stadium, on July 7, 2007 in Sydney, Australia.

O Japão foi testemunha de um concerto duplo que começou ao meio-dia em Tóquio e continuou até o fim da noite em Kioto. As apresentações, que atraíram cerca de 10 mil espectadores, ficaram com os norte-americanos do Linkin Park, a Yellow Magic Orchestra, de Ryuichi Sakamoto, compositor da música dos Jogos Olímpicos de Barcelona, e Michael Nyman, famoso por suas trilhas sonoras.

Xangai foi o palco da terceira apresentação do Live Earth, mas o show foi prejudicado pela tempestade de chuva ácida, própria da estação, que castigou o distrito financeiro.

O espetáculo reuniu cerca de três mil pessoas que se reuniram aos pés da torre de televisão Pérola do Oriente (a mais alta da Ásia, com 468 metros), no coração de Xangai, para assistir aos shows de várias estrelas locais e da cantora britânica Sarah Brightman.

"Não só a próxima geração depende de nós, nós também somos essa geração, portanto devemos salvar a nós mesmos", afirmou o vocalista do grupo de rock Soler.

Na África, o continente que, segundo especialistas, mais vai sofrer com os efeitos da mudança climática, o Live Earth começou em Johannesburgo com o Soweto Gospel Choir.


UB40. Johnesburg, South Africa, 07/07/07

Cerca de 12 mil pessoas se reuniram no norte da cidade para assistir aos shows da banda de reggae UB40, da cantora Angelique Kidjo, do senegalês Baaba Maal e dos sul-africanos Danny K, entre outros. O UB40 realizou uma performance consagradora.

Na Europa, o Live Earth começou ao meio-dia com o show da colombiana Shakira em Hamburgo, uma apresentação que foi prejudicada pelas fortes chuvas que castigam o norte da Alemanha e que fizeram com que um público menor do que o esperado comparecesse ao estádio de futebol da equipe local.


Phil Collins of British rock group Genesis performs on stage during the Live Earth concert held at Wembley Stadium on July 7, 2007 in London. (Photo: Getty Images/Matt Cardy)

O mítico grupo britânico Genesis deu a largada aos shows em Londres, em um remodelado estádio de Wembley lotado de apaixonados por música. O show na capital inglesa foi o que reuniu o melhor elenco. Proporcionou as exibições de John Legend e Corinne Bailey Ray em dueto histórico, Duran Duran, Snow Patrol, Black Eyed Peas, Metallica, e outros.


John Legend, left, and Corinne Bailey Rae sing a duet of Marvin Gaye's socially-conscious song "Mercy Mercy Me (The Ecology)" from 1971 at the London Live Earth concert at Wembley stadium on July 7, 2007. (Photo: CARL DE SOUZA/AFP/Getty Images)

Em Washington as estrelas country Garth Brooks e Trisha Yearwood deram início ao show com uma versão da música "We Shall Be Free". O show na capital norte-americana foi realizado em um local do Museu do Índio Americano e contou com a apresentação do grupo indígena "Blues Nation".

Em Nova York, o Live Earth aconteceu no Giants Stadium, de Nova Jersey, nos arredores da cidade, e contou com a presença Al Gore.

Também estavam no local os atores Leonardo di Caprio, ecologista comprometido, e Kevin Bacon, que abriu a festa em Nova Jersey.

"O aquecimento global deixou de ser uma teoria para se transformar na realidade. Não podemos nos dar ao luxo de defraudar as futuras gerações", disse di Caprio em sua aparição, no final do evento.

A maratona de shows em Nova York, que atraiu milhares de pessoas, contou com apresentações da banda inglesa The Police, junto com estrelas como Roger Waters, e dos americanos Smashing Pumpkins e Dave Matthews Band (inspirados). Destaque especial também para KTT Unstall.


Scottish singer KT Tunstall sings at the Live Earth concert at Giants Stadium, on July 7, 2007, in East Rutherford, N.J.

A guitarra de Lenny Kravitz em um show de rock puro, encerrou o Live Earth do Rio de Janeiro, que teve cerca de sete horas de duração e reuniu aproximadamente 400 mil pessoas nas areias de Copacabana. Macy Gray esteve presente e foi outra grande atração.

A banda a quem coube a honra de encerrar a série de shows do Live Earth no mundo foi a The Police, do cantor e baixista Sting. Eles se apresentaram no Estádio dos Giants, na cidade de Nova Jérsei, vizinha a Nova York e cantaram sucessos como Roxanne.

A maratona musical foi organizada por Al Gore, que assegurou que este é apenas o começo de uma campanha de três anos para tentar "curar o planeta".

A exemplo do que fez em “Uma verdade inconveniente”, documentário ganhador de dois Oscars apresentado por Gore, o político escalou um time de cineastas de todo o mundo para produzir 50 curtas-metragens sobre preservação do meio ambiente. Entre os 50 diretores escolhidos a dedo pela equipe do Live Earth, estão dois brasileiros: José Padilha, do documentário “ônibus 174”, e Marcos Prado, de “Estamira”.

Foi um acontecimento mundial, que bateu recordes. Ainda não tinham terminado os nove concertos que ocorreram em várias partes do mundo e o Live Earth já era um sucesso na Internet, uma vez que a sua transmissão online registou mais de nove milhões de conexões, informou a agência Reuters.

Página Oficial
http://www.liveearth.org/

Fontes : O Estado de S.Paulo, Reuters, BBC Brasil e MSN



Links

Agenda

Em cartaz Cinema

Em cartaz Teatro

Matérias: Live Earth | Disco Classics | Earth, Wind & Fire | Os Fofos Encenam | Laços do Olhar | Rock in Rio | Kool ang Gang | Lenda do Jazz no Brasil | Elizabeth Jobim - Endless Lines | Diana Krall no Brasil | Shows Novembro | Chaka Khan e Branford Marsalis | Gagaku, Bugaku e Shomyo | Cantata no Jockey | Shows 2009 | Madonna no Brasil | Maysa | Elton John | Grammy 2009 | Brit Awards | Simply Red no Brasil | Paul e Michael com ingressos esgotados | Radiohead | Prêmio internacional de fotografia: Sony World Photography | Hot List | A procura de um olhar | Burt Bacharach | Shows Abril 2009 | Virada Cultural 2009 | Oasis no Brasil | Terminator Salvation | FAM 2009 | Iggy Pop lança Preliminaries | Grande Álbuns - Michael Jackson | Festival de Inverno de Campos do Jordão 2009 | Shows 2º Semestre 2009 | Grandes Álbuns II | Dinossauros da música eletrônica ressurgem em 2009 | Festival de Cinema Veneza 2009 | Álbuns Clássicos do Jazz | Flashback Mr Groove | Festival Planeta Terra | Donna Summer | Grammy 2010 | Programação Verão 2010 | Brit Awards 2010 | Oscar 2010 | Valleys of Neptune | Albuns - Lançamentos 2009 / 2010 | Nelly Furtado no Brasil | Documentário Loki | Matérias Novas

Destaques: A volta do Queen | Babyshambles | Cantoras Brasileiras | Cena Eletronica | Clocks | Corinne Bailey | Dig Out Your Soul | Escola do Pop Rock | Horace Silver | Im Takt der Zeit | Keane | Jamie Cullum | John Legend | Julliete & The Licks | Kantata Takwa | Led Zeppelin | Madeleine Peyroux | Michael Jackson - Thriller 25 | Little Boots | Miriam Makeba | Mostra de Arte / Casais | Musicians and Machines | Nara e Fernanda | Nonsense | Oscar Peterson | Paul McCartney | Piaf - Um hino ao amor | Prokofiev | Regentes | Rotciv | Stay | Studio 54 | Yo-Yo Ma | The Heist Series | The Verve - Forth | Vanessa da Mata | Demis Roussos & Aphrodite's Child | Tommy avec The Who | Villa Lobos, Brisa Vesperal

Voltar para página inicial