Kindred Spirits Live (Whailing City Sound)

O saxofonista alto Phil Woods – o mais famoso dos herdeiros estilísticos diretos de Charlie Parker – morreu em setembro de 2015, às vésperas do 84º aniversário, vítima dos pulmões muito avariados pelo antigo hábito de fumar. Mas, apesar do enfisema, apresentou-se pela última vez um mês antes, portando o pequeno recipiente de oxigênio que já usava há muito tempo, num concerto no Manchester Craftsmen’s Guild.

 

Phil Woods 1970

Moonlight in Vermont (short version) - Greg Abate & Phil Wood with the Tim Ray Trio

O jazz master assim consagrado pela NEA (National Endowment for the Arts) soprou portanto o seu sax até quase o último suspiro.

Mas o registro derradeiro de Phil Woods foi o do gig de agosto de 2014, no clube Chan’s, em Rhode Island, constante das 18 faixas do CD duplo "Kindred Spirits (Whaling City Sound Records)"

Steeplechase (short version) - Greg Abate & Phil Wood with the Tim Ray Trio

Naquela ocasião, ele liderou um quinteto, ao lado de Greg Abate – seu discípulo e também eminente saxofonista, hoje com 68 anos – e do Tim Ray Trio (Tim Ray, piano; John Lockwood, baixo; Mark Walker, bateria).

Esta apresentação gerou aquele que é considerado por parte da crítica como o melhor álbum de jazz de 2016.

“Kindred Spirits Live (Whailing City Sound)”

Strollin' - Greg Abate & Phil Wood with the Tim Ray Trio

A relação entre aprendiz/mentor no “Greg Abate Quintet Featuring Phil Woods (Positone Records, 2012 )” é um testamento da paixão e energia dos dois saxofonistas.

“Kindred Spirits Live (Whailing City Sound)” é para muitos o ápice dessa união.

O repertório interpretado por Abate e Woods inicia-se com “Steeplechase”(11m30) e é retomado em versão menos longa (4m35) na sétima faixa do primeiro volume. “Yardbird Suite”(9m25), na quinta faixa do segundo volume, é o ponto culminante da coleção, é arte no contexto obra-prima.

Greg Abate Quintet Featuring Phil Woods

I'll Remember April - Greg Abate & Phil Wood with the Tim Ray Trio

Outro jazz original antológico do menu é “Strollin”(7m45), de Horace Silver. Os standards mais conhecidos escolhidos pelo par de ases naquela noite de agosto de 2014 no Chan’s foram: “Angel eyes”(7m45), “Willow weep for me”(5m05), “I’ll remember April”(9m20) e “Moonlight in Vermont”(9m45).

Abate e Woods verdadeiramente provam a si mesmos o parentesco de suas almas. É necessário um bom ouvido para distinguir quem esta realizando o solo, embora a seção pessoal que acompanha a brochura nos deixa saber que Abate assume o primeiro turno em todas. Os altoístas estão mergulhados em profunda tradição bebop, e ambos tocam com paixão. O Tim Ray Trio está impecável, o solo do pianista conexa plenitude de alegria e verve.

Kindred Spirits Live (Whailing City Sound)

Willow Weep For Me - Greg Abate & Phil Wood with the Tim Ray Trio

A apresentação de gala no Chan's com interpretações magistrais dos standards "A Sleepin' Bee" de Harold Arlen, uma melancólica "I'll Remember April" e uma condimentada versão de "Speak Low" de Kurt Weill, consagrou uma noite contemporânea que navegou pelas águas da grande era.

Na review que publicou no site All About Jazz, Dan McClenaghan assim resumiu a importância de “Kindred Spirits (“almas gêmeas”): “A saúde do legendário sax alto Phil Woods estava bem debilitada quando Kindred Spirits: Live at Chan’s foi gravado. Mas ninguém percebe isso ao ouvir o pronunciamento nítido e a vitalidade de uma banda de bebop tocando no estilo icônico de Charlie Parker”.

Músicos: Greg Abate: saxofones alto e soprano; Phil Woods: saxofone alto ; Tim Ray: piano; John Lockwood: baixo; Mark Walker: bateria. Gravadora: Whaling City Sound

Yardbird Suite - Greg Abate & Phil Wood with the Tim Ray Trio

 

Fontes: http://www.sojazz.org.br/2016/05/greg-abate-phil-woods-kindred-spirits.html

http://www.telegraph.co.uk/music/what-to-listen-to/the-best-jazz-albums-of-20160/

https://jota.info/lifestyle/o-ultimo-registro-ao-vivo-de-phil-woods-01022016

Home
Links

Artes Plásticas: A Arte do Brasil Holândes | A Arte do Egito Antigo | Arte Pré-Colombiana | Arte Tibetana | Beatriz Milhazes | Capela Sistina | Caravaggio, Pintor da luz e das trevas da alma | Damien Hirst | Francisco Goya | Frida: A Dor da Vida, A Dor Da Arte | Henri Rosseau | Impression : Soleit Levant | Kandinsky | La persistencia de la memoria | Las Meninas | Luz e Espaço | Manet | Meus Quadros - Leandro Reis | O quadro mais famoso do mundo | O Retrato do Doutor Gachet | Os pastores de Arcadia | Pablo Picasso | Pintura Barroca | Pintura Metafísica | Pinturas de Estradas | Rembrandt | Vieira da Silva | Virgem dos Rochedos, A | William Blake | Henri de Toulouse-Lautrec

Cinema: 1944, O Ano Noir |  A Falta que Nos Move | A Verdade Interna Revelada? | Alain Resnais | Alice no País das Maravilhas | Antonioni | As maiores canções do cinema - 0s 25 melhores filmes de todos os tempos | Bergman | Billy Wilder | Blow Up | Cahiers du Cinema | Cinzas da Guerra | Chinatown | Coincidências do Amor ( The Switch ) | Conversas com Scorsese | Ed Wood, Gênio? | Fellini | Garbo | Grandes atrizes francesas | Grande Musicais | Hachiko | Kiss Me Kate | Kundun | L’Enfer de Clouzo | Liz Taylor: Mito | Max Ophuls | Munich | Neo-Realismo Italiano | No Direction Home - Bob Dylan | O amor de Leon Cakoff | Os magos | Pier Paolo Pasolini | Rediscovering | Shane | Steven Spielberg | Sunset Boulevard | The Gang's All Here | Um estranho no ninho | Untold history of the United States | Awake .

Literatura: Arthur Clarke | Clássicos da Literatura | Dom Quixote | Jose Saramago | Joseph Conrad | Grande Gatsby, O | Grandes Poetas por Will Durant | Literatura Inglesa | Mario, Íntimo e pessoal | Vermelho e o Negros, O | Viagem do Elefante, A | Yeats e Joyce resgatam a identidade da Irlanda | Sobre preciosidades evolutivas | Carlyle e a Revolução

Outras: A Flauta Mágica | Antunes Filho | A Cabra ou Quem é SylviaAs pecas de Oscar Wilde | Bejart | Catedral de Chartres | Contemporaneidade | Daquele Instante em Diante |  Debussy, Schoenberg e Stravinsky | Grandes Arquitetos |  Hair | I´m Not There | Lacroix na ArteMistérios e paradoxos de Chopin, para Freire |  Niemeyer, construindo identidades | Nona Sinfonia | Queremos Miles |  Teatro | The Doors Are Open | Ray Charles Live in France 1961 (2011) | Sonho de uma Noite de Verão | Living in The Material World: George Harrison | Edgard Scandurra Estraçalhante | H.Hancock, Lenda Viva do Jazz | Kung Fu | Pina: Visceras de amor | Lou Reed | Música Sacra | Baden Powell Quartet | Todo Aquele Jazz | Osama Kitajima | Eric Clapton 70 | Jimmy Burns, ícone do blues de Chicago | O Lago dos Cisnes | Don Giovanni | Songs 50´s | Joe Harriott | Kindred Spirits Live | Top 10 Composers