Enquanto tocava uma de suas demos caseiras para Kit Lambert, Pete brincou que ele estava escrevendo uma "ópera-rock". Kit achou a idéia fantástica, e mandou Pete escrever uma. Seu primeiro projeto foi chamado de Quads, situado em um futuro aonde os pais poderiam escolher o sexo de seus filhos. Um certo casal pede quatro garotas, mas recebe três meninas e um menino, e resolvem criá-lo como mulher. Entretanto, a necessidade do Who de lançar um novo compacto fez com que a primeira ópera-rock fosse comprimida numa pequena canção chamada "I'm A Boy".

O som da banda evoluía, e suas músicas se tornavam mais provocativas e envolventes, enquanto Townshend pretendia tratar os álbuns do Who como projetos unificados, ao invés de meras coleções de canções desconexas. O primeiro sinal desta ambição surgiu em A Quick One (1966), que trazia uma coleção de canções que reunidas contavam uma história, "A Quick One, While He's Away", a partir de então taxada de "mini-ópera".