Enquanto eles lucravam nos EUA, no Reino Unido a história era diferente. Seu próximo compacto, "I Can See For Miles", embora o maior sucesso do Who na América do Norte, por pouco não entra no Top Ten britânico. O disco seguinte, The Who Sell Out, lançado em dezembro de 1967, não vende tão bem quanto seus antecessores. Era um álbum conceitual projetado para se parecer com uma transmissão da então fora-da-lei Radio London, uma estação pirata que mais tarde seria reconhecida como uma das melhores do gênero.

Durante este declínio, Pete deixou de usar drogas e passou a seguir os ensinamentos do místico indiano Meher Baba. Pete se tornaria um dos mais famosos discípulos de Baba e seu trabalho subseqüente refletiria o que ele aprendeu das técnicas de seu guru. Uma idéia em particular era de que aqueles que estavam ligados a coisas terrenas eram incapazes de entender o mundo de Deus. A partir disso Pete desenvolveu a história de um garoto que fica surdo, mudo e cego, e então, excluído de qualquer percepção terrena, consegue alcançar Deus. Quando curado ele torna-se uma figura messiânica.


Meher Baba