O fundador do Festival de Montreux, Claude Nobs, nas comemorações do 40.º aniversário do evento dirigiu-se ao rei do blues : "Ninguém quer que este seja o seu último ano, B.B. O senhor é cidadão honorário de Montreux. Esta é a sua segunda casa".

B.B.King fez seu debute em um clube para brancos (New York), somente 20 anos depois de já estar consagrado como rei e pioneiro do blues. Para negros ou brancos, hoje ele é um astro com o talento reconhecido no Hall da Fama do Rock and Roll.

King disse que, durante os seus 60 anos de carreira , se apresentou em 90 países, mas admitiu que houve momentos em que ficou profundamente magoado pelo fato da sua música não ser compreendida.

O músico disse ainda que a letra da canção "Understand" resume esse sentimento "Estou neste ramo há muito tempo. Sou um homem de blues, mas um homem bom, entendem?"