Depois de Weimar, foi para Köthen, onde trabalhou para um príncipe mais amigável, Leopold d'Anhalt-Köthen. Foram cinco anos frutíferos. Como Leopold era calvinista, Bach não podia escrever música religiosa para o culto, ficando restrito à música instrumental - datam dessa época os "Concertos de Brandenburgo", o genial "Cravo Bem Temperado" conhecido também como "bíblia universal", a maior parte de sua música de câmara e as suítes orquestrais.

Foi durante essa época que Bach ficou viúvo, casando-se em seguida com Anna Magdalena Wilcken, uma das cantoras da corte.

Em 1723, obteve o cargo de professor e diretor musical na Igreja de São Tomás, em Leipzig.

Perfeccionista e disciplinado ao exagero, Bach exigia o melhor som de cada instrumento. E a melhor execução. Paradoxalmente, sabia penetrar as potencialidades de cada aluno e deles somente exigia o que poderiam oferecer, a fim de não humilhar os mais limitados. Por isso não tinha um método fixo de ensino e adaptava suas peças a cada estudante - o que revela sua enorme versatilidade.


Igreja de São Tomás - Leipzig