O período chamado moderno começa por volta de 1951, com a entrada do baterista Louis Bellson para o lugar de Sonny Greer (Bellson, após três anos de permanência, foi substituído por Sam Woodyard) e com o regresso, após cinco anos de ausência, de Johnny Hodges, com Ellington revigorado e a olhar para a frente.

A apresentação histórica de "Diminuendo And Crescendo In Blue", no Festival de Jazz de Newport, em 1956, constituiu como que o início de uma nova "época de ouro" para Duke Ellington, com a composição e produção de obras marcantes, como "Such Sweet Thunder" (1957) ou "The Far East Suite" (1966).