Steve Raybine - Bad Kat Karma

Frank Sinatra - I Could Write A Book

Cantata de Natal no Jockey

No dia 9 aconteceu uma Cantata de Natal com um coral de crianças, nas janelas do Jockey Club Campineiro que recebeu uma iluminação especial para as festas de final de ano.

A arquitetura do Jockey

Com sua construção iniciada em 1913, e inauguração em 1925, a estrutura é parte viva do tempo em que Campinas era a terra dos grandes barões do café. O edifício está localizado no centro histórico da cidade, nas imediações do marco zero da formação urbana.


Imagem do edifício

O monumental edifício possui estilo eclético com características "art-noveau" e elementos neo-renascentistas. O prédio possuiu dois andares, o térreo, e um rico mobiliário em estilo belle epoque, destacando-se peças valiosas como espelhos da ex-Thecoslováquia, um piano de caldas alemão e lustres de cristal. Nas paredes estão quadros dos pintores A. Castanhede, B. Neuville, Nic Bay, Oscar V. da Silva, Nair Lopes, Martins Ferreira e F. F. Forton. Além das notórias obras: "Homem picando fumo"(1918) de Oscar Pereira da Silva e "Moça sobre pedras"(1884) de Antonio Parrero.

No térreo, o destaque é o elevador belga todo em ferro e dourado, funcionando desde que o prédio foi inaugurado na década de 20. Foi o primeiro elevador estilo "gaiola" instalado na cidade, e um dos primeiros do país. Na entrada do edifício existe uma marquise com ferro e vidro, sendo um dos últimos remanescentes em Campinas, restando como exemplos, o "Éden Bar" e o sobrado n.º 1351/1357, ambos à rua Barão de Jaguara no centro. Hoje, sem a casa de apostas e sem o glamour do passado, o Jockey é história de Campinas.


Decoração do prédio do Jockey
Fotos: Leandro Ferreira/AAN

Atualmente, o térreo conta com uma pizzaria e um cartório ao lado. No 1.º andar está instalado o Jockey Clube Piano Bar. A casa tem decoração que remete às antigas festas que fizeram história no local até a década de 1960. As paredes foram cobertas com veludos na cor cereja e o teto é espelhado. Os lustres e o assoalho de madeira, que já faziam parte do salão, foram restaurados, assim como o piano de cauda em que músicos executam blues, jazz e música clássica todas as noites.


Jockey Clube Piano Bar

O bar dispõe de uma adega climatizada com 75 rótulos de vinhos, além do chope belga Stella Artois e drinques como o red avenue, feito com gim, framboesas, licor de framboesa e prosecco. Para petiscar, uma sugestão é a bruschetta pianola, preparada com espinafre, queijo parmesão e pinoli.

O prédio foi tombado pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Artístico e Cultural de Campinas (Condepacc), em 23 de maio de 1995. Hoje, existem cerca de 1216 associados no Jockey.

A memória de um tempo de festas e muito luxo, de homens elegantes e senhoras glamourosas, ficou gravada nas fotografias antigas, perdidas nas gavetas de museus ou em velhos armários. Mas parte da história desta época pode ser revivida no Jockey que se ergue imponente na Praça Antonio Pompeo.

“Muita saudade”. Estas são as palavras de Lourenço da Silva Maracaíbe, o “Lambreta”, quando perguntado sobre a época de ouro do Jockey. Ele veio do Rio de Janeiro e começou a trabalhar como garçom do clube no dia 2 de maio de 1951. Hoje, aos 83 anos, demonstra conhecer cada canto do prédio, cada mesa, objeto, quadro ou aposento.

Da sacada, ele descreve em detalhes as histórias sobre charretes e a estrebaria dos cavalos que ficavam em frente ao clube, onde hoje os carros se apertam para disputar um espaço na rua. “À direita ficava uma loja de chapéus; à esquerda, onde hoje é o Giovannetti, era um curtume”, relembra enquanto passa a vista pelos arredores, como a buscar um marco, um sinal daquele tempo.

Ele lembra bem o intenso movimento de associados mesmo durante o dia. “Os homens passavam por aqui para acompanhar o turfe, jogar baralho e snooker, conversar. As mulheres vinham somente nos bailes e dias de festa”, comenta.

Clube fechado, era palco de extravagâncias e desvarios que ficavam entre quatro paredes. Recitais de piano, violino e canto, declamações e grandes festas carnavalescas eram comuns no local. Os mais antigos ainda lembram que festas de casamento de algumas das filhas dos barões também foram realizadas ali. O auge durou até o início da década de 60.

No local a luminosidade remete aos primeiros raios de sol, quando os últimos freqüentadores do clube saíam das grandiosas festas animadas por música e alegres encontros.


Nova Iluminação do Jockey

Fontes: Clips Brasil, P.Santos. PMC, C. Online, Veja Campinas, R.Motta, C. Popular



Links

Agenda

Em cartaz Cinema

Em cartaz Teatro

Matérias: Live Earth | Disco Classics | Earth, Wind & Fire | Os Fofos Encenam | Laços do Olhar | Rock in Rio | Kool ang Gang | Lenda do Jazz no Brasil | Elizabeth Jobim - Endless Lines | Diana Krall no Brasil | Shows Novembro | Chaka Khan e Branford Marsalis | Gagaku, Bugaku e Shomyo | Cantata no Jockey | Shows 2009 | Madonna no Brasil | Maysa | Elton John | Grammy 2009 | Brit Awards | Simply Red no Brasil | Paul e Michael com ingressos esgotados | Radiohead | Prêmio internacional de fotografia: Sony World Photography | Hot List | A procura de um olhar | Burt Bacharach | Shows Abril 2009 | Virada Cultural 2009 | Oasis no Brasil | Terminator Salvation | FAM 2009 | Iggy Pop lança Preliminaries | Grande Álbuns - Michael Jackson | Festival de Inverno de Campos do Jordão 2009 | Shows 2º Semestre 2009 | Grandes Álbuns II | Dinossauros da música eletrônica ressurgem em 2009 | Festival de Cinema Veneza 2009 | Álbuns Clássicos do Jazz | Flashback Mr Groove | Festival Planeta Terra | Donna Summer | Grammy 2010 | Programação Verão 2010 | Brit Awards 2010 | Oscar 2010 | Valleys of Neptune | Albuns - Lançamentos 2009 / 2010 | Nelly Furtado no Brasil | Documentário Loki | Matérias Novas

Destaques: A volta do Queen | Babyshambles | Cantoras Brasileiras | Cena Eletronica | Clocks | Corinne Bailey | Dig Out Your Soul | Escola do Pop Rock | Horace Silver | Im Takt der Zeit | Keane | Jamie Cullum | John Legend | Julliete & The Licks | Kantata Takwa | Led Zeppelin | Madeleine Peyroux | Michael Jackson - Thriller 25 | Little Boots | Miriam Makeba | Mostra de Arte / Casais | Musicians and Machines | Nara e Fernanda | Nonsense | Oscar Peterson | Paul McCartney | Piaf - Um hino ao amor | Prokofiev | Regentes | Rotciv | Stay | Studio 54 | Yo-Yo Ma | The Heist Series | The Verve - Forth | Vanessa da Mata | Demis Roussos & Aphrodite's Child | Tommy avec The Who | Villa Lobos, Brisa Vesperal

Voltar para página inicial